Perícia Forense Computacional: Normas, técnicas e ferramentas

Devido ao advento da internet e a evolução da Tecnologia o mundo está em ritmo cada vez mais acelerado, contribuindo assim para a qualidade de vida das pessoas, mas, por outro lado abriu um portal para cometimentos de delitos virtuais. Visando enfrentar essa epidemia de crimes cibernéticos o profissional de TI surgi como um agente a fim inibir e elucidar crimes virtuais através de analises forenses em mídias digitais, locais na internet, Dispositivos Móveis (Celulares, PDAs, etc), redes, Nuvens, entre outros.
Para ser esse agente, o profissional necessita de domínio e técnicas de analises forenses aplicada ao âmbito computacional e conhecimento legal sobre Crimes Digitais. Diante deste contexto iremos apresentar os conceitos essenciais de investigação forense computacional, como normas, procedimentos, ferramentas e técnicas fornecendo um norte para os interessados que desejam ingressar como um perito em computação forense.

Esta palestra, você poderá conferir na II semana de Engenharia da Computação e Tecnologia da UFBA que acontecerá entre os dias 24 a 27 de janeiro de 2018 e o melhor: os ingressos são gratuitos!

Para mais informações: https://www.facebook.com/secomtecnologia/

Ingressos:  https://www.sympla.com.br/secomtec__230907

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *