Entre os dias 21 a 24 de maio de 2019, o Centro de Convenções Frei Caneca em São Paulo será palco do maior evento integrado de Ciências Forenses da América Latina!

O Interforensics é um evento que acontece bienalmente, é uma realização da Academia Brasileira de Ciências Forenses, conta com uma grande estrutura para apresentação de 13 temáticas distintas nas ciências forenses e reúne profissionais das vertentes: pública e privada, grandes empresas, estudantes e pesquisadores que estão envolvidos com o desenvolvimento da área atualmente no Brasil. Tomando como base a sua última edição, o evento superou a expectativa dos congressistas quanto a programação convidando grandes nomes que inspiram pesquisas e são referências nacionalmente e internacionalmente para palestras e minicursos.

Brasília – 2017: entre os dias 23 a 25 de maio o evento contou com mais de 1500 conferencistas brasileiros, 35 de outros países, 175 palestrantes e uma estimativa de 200 trabalhos científicos aprovados e apresentados durante os três dias de evento. A conferência internacional também contou com diversas temáticas e destacando a área de computação forense, a comissão do evento nos trouxe também nomes de grande relevância nas sub-áreas de:

  • criptografia;
  • nuvem forense;
  • IOT;
  • crimes cibernéticos no âmbito nacional e atividades globais de investigação e inteligência.

Colocamos abaixo uma grade com os palestrantes da última edição do evento. Todos são da área de informática forense:

Palestrantes da temática de Informática Forense - Interforensics, 2017.
Painel de palestrantes da área de Informática Forense do Interforensics 2017 – Brasília. Imagem/Reprodução – Instagram @interforensics

Além de ser um espaço para reunir profissionais das mais diversas áreas investigativas, o evento também tem como proposta: a troca de conhecimento entre eles, networking entre novos e profissionais da vanguarda, exposição de produtos e serviços, apresentação de trabalhos e pesquisas, palestras, painéis e debates.

Nós do café&forense.tech estivemos presentes na última edição do Interforensics para conferir o que havia de novo no mundo investigativo e consequentemente aumentar nossa bagagem de conhecimento e encontrar novos horizontes para ampliar nossas perspectivas quanto a pesquisa.

Na foto: Keyun Ruan (referência nos estudos de computação em nuvem e pioneira na vertente de cloud forensics ) e Joice Dantas (representante do café&forense.tech). Imagem/Reprodução: Arquivo Pessoal.

Acompanhando o grande avanço tecnológico e reconhecendo a importância das chamadas “tecnologias emergentes”, a computação em nuvem que um dia foi considerada promessa, hoje é realidade e podemos tê-la em nosso dia-a-dia. Com a crescente demanda de aquisição deste serviço, nos deparamos também com um volume maior de ciberataques e um aperfeiçoamento de antigas técnicas que tem como resultado alvejar os novos ambientes, como é o caso da nuvem que também requer uma atenção na segurança, cuidados com as configurações internas dos serviços e ao mesmo tempo é um dos maiores desafios no ponto de vista forense. Sobre esta questão, em uma entrevista concedida ao blog da IPOG, a doutoura Keyun Ruan comenta que:

“[…]Eu acho que o maior desafio na área é a questão legal da nuvem. Porque ao mesmo tempo que ela é global, existe toda uma questão jurisdicional que acaba representando uma barreira significante. Os desafios são mais legais do que tecnológicos, porque sob a ótica legal é muito difícil para a polícia brasileira apreender material para uma investigação em solo norte americano, por exemplo. Nesses caso, a polícia internacional tem que ser acionada. Além disso, essa mesma questão legal torna trabalhosa a interação com os vendors.” – Keyun Ruan.


Keyun é doutora em ciência da computação pela University College Dublin e diplomada pela National College of Arts e Design, em Dublin, na Irlanda. Autora na Elsevier Editora, Young Global Shaper no Fórum Econômico Mundial, Especialista na Risk Assistance Network + Exchange e membro na Sandbox Network, programa de networking global de jovens empreendedores, e foi citada pelo portal Irish Independent, em 2014, como uma das jovens profissionais de destaque para o futuro da Irlanda no artigo “the 30 under 30 shaping Ireland’s future”. Ruan também é autora da obra: “Cybercrime and Cloud Forensics: Applications for Investigation Processes”.


Ainda sobre os painéis: tivemos a oportunidade de conhecer novas propostas apresentadas e conversamos com alguns painelistas. Dentre eles, o trabalho de grande relevância de Marcus Vinícius, estudante do IFCE – Fortaleza/Ceará que tinha como título:

B-FRES: Proposta de Sistema Embarcado de Reconhecimento Facial com D​eep Learning ​ para Identificação de Suspeitos em Tempo Real.

e acompanhava a proposta de utilizar técnicas de reconhecimento de padrões e aprendizagem de máquina (Machine Learning – ML) para contribuir com a redução da taxa de erros nos algoritmos de reconhecimento facial de forma automática com a utilização do B-FRES que surgiu como um sistema embarcado, desenvolvido com a finalidade de auxiliar no exame de reconhecimento facial em imagens para identificação de rostos com uma elevada precisão. Além disso, Marcus apresentou a ferramenta de reconhecimento facial com deep learning embarcada na plataforma raspberry Pi Modelo B com a finalidade de auxiliar o trabalho realizado pelo perito na identificação de rostos em tempo real com precisão.

Imagem/Reprodução: Facebook @interforensics

Destacando esses pontos que para nós foi de grande relevância, consideramos o Interforensics como um dos eventos mais completos da área forense no Brasil e atende a todos os públicos: desde estudantes, até profissionais das esferas: pública e privada. Pontuamos mais uma vez sobre a oportunidade de ter um espaço como este para divulgação de novas propostas de pesquisa e fomento para área em si.

Não perca a oportunidade de comparecer a este evento!

 

Destaques:

  1. As inscrições já estão abertas e você pode conferir os valores e adquiri-las neste link aqui.
  2. O evento conta com o apoio institucional da: Sociedade Brasileira de Ciências Forenses (SBCF)*, Polícia Científica e a Polícia Federal.
  3. O apoio da Associação Nacional dos Peritos Criminais Federais (APCF).
  4. A submissão de trabalhos tem data final: 31 de janeiro de 2019; Saiba mais aqui!
  5. Está confirmado a International Educational Outreach Program da American Academy of Forensic Sciente (AAFS);
  6. Está confirmado a 4º INTERPOL Digital Forensics Expert Group Meeting.

 

Saiba mais sobre o Interforensics, os palestrantes já confirmados para 2019 e outras informações no site e nas suas redes sociais.

Confira algumas outras fotos da última edição do Interforensics 2017:


*Tenha até 50% de descontos na inscrição e em minicursos (somente para associados);

2 thoughts to “Interforensics 2019

  • André Luís da silva

    Desejo informações, não sei em qual categoria me inscrever.Tenho interesse neste evento (Interforensics), por favor entrem em contato comigo pelo telefone xxxxxxxxxxx , desejo informações também de como me tornar sócio e quais requisitos são exigidos.

    Responder
    • admin

      Olá André, te enviamos um email explicando suas dúvidas.
      Obrigada pelo contato.

      Equipe café&forense.tech

      Responder

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *